Estudo de caso de desconforto térmico na cidade de Porto Alegre – RS durante a ocorrência de uma onda de calor entre 27 de Janeiro a 12 de Fevereiro de 2014

O estudo de caso é feito sobre a ocorrência de uma intensa onda de calor que atuou por 17 dias sobre a cidade de Porto Alegre (30S/50W) no estado do Rio Grande do Sul, no período de 27 de janeiro a 12 de fevereiro de 2014, relacionando os índices de Conforto Térmico Heat Index (Índice de Calor) com as condições atmosféricas dominantes em escala sinótica. Os resultados calculados pelo índice de calor mostram que os dias foram caracterizados por extremo desconforto por muito calor combinado com umidade elevada. Como diversos estudo feito já constataram, estas ondas de calor quando muito prolongadas e com considerável intensidade de desconforto tem o potencial de causar prejuízos à saúde pública, afetando com mais intensidade a população vulnerável e urbana. As análises sinóticas mostraram que as condições atmosféricas foram fundamentais para a manutenção da onda de calor ao proporcionarem a presença de uma massa de ar quente e úmida sobre a região estudada.