Fatores ambientais associados à pneumonia em três cidades do estado de São Paulo

<p>A poluição atmosférica em cidades metropolitanas pode prejudicar a saúde da população, como o desencadeamento de doenças respiratórias. O objetivo deste trabalho foi investigar o impacto de diferentes climas nos casos de internação por pneumonia. Os municípios avaliados foram Bauru, Presidente Prudente e São José dos Campos utilizando dados mensais de Autorização de Internação Hospitalar (AIH) por pneumonia e dados mensais de material particulado, temperatura e umidade relativa no período de 2010 a 2016. Foram utilizados a Correlação de Pearson e a Análise de Componentes Principais para avaliar as correlações entre as variáveis. Os resultados obtidos através do estudo mostram que o maior número de casos de internações ocorre entre crianças menores que 5 anos e idosos com 60 anos ou mais e observa-se o maior risco de internações devido a presença do PM<sub>10 </sub>e temperatura. Contudo o clima e a localização geográfica das cidades implicam no grau de relevância destas variáveis e na dispersão de poluentes.</p>

Categories

License

CC BY 4.0