Efeito da radiação solar sobre alguns aspectos comportamentais de cordeiros F1 (Dorper x Santa Inês) criados em ambiente equatorial semiárido: Uma investigação preliminar

<p><b>: </b>Objetivou-se relacionar os padrões das atividades diurnas de cordeiros mestiços com níveis de radiação solar numa região equatorial semiárida. O estudo foi conduzido na Empresa de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (6°S, 35°W) no período de outubro a novembro de 2016. Doze cordeiros F1 (Dorper x Santa Inês) com peso de 18 ± 1,2 kg foram distribuídos ao acaso (Grupos de seis) em dois piquetes de 0,8 hectares. Durante cinco dias, o tempo despendido pelos cordeiros em alimentação, ruminação, em pé, deitado, expostos ou protegidos da radiação solar foi registrado de forma direta, contínua e por amostragem animal focal das 06h:00min às 17h:00min. A temperatura do ar (Tar; ºC), umidade relativa (U<sub>R</sub>; %), radiação solar (R<sub>S</sub>; W m<sup>-</sup>²; 0,3 a 3,6 μm), velocidade do vento (U; m s<sup>-1</sup>) foram registradas em intervalos de um minuto por meio de uma estação meteorológica portátil (Onset, Hobo U30). Uma análise exploratória foi feita com base no tempo despendido pelos animais para as atividades comportamentais nas classes de horários (06h:00min; 07h:00min....,16h:00min). Por conseguinte, utilizou-se o método dos mínimos quadrados para testar o efeito das classes de horários sobre as variáveis meteorológicas e o tempo gasto pelos cordeiros na sombra ou expostos a radiação solar. Níveis de radiação solar (R<sub>S</sub>) apresentaram amplitude média diária de 734 W m<sup>-2</sup> (Faixa: 96 a 838 W m<sup>-2</sup>); a partir de 09h:00min, valores de R<sub>S</sub> maiores que 600 W m<sup>2</sup> foram observados, com pico às 10h:00min. Dois grupos de horários foram separados nos dois primeiros componentes principais. Nas classes de horários correspondentes ao primeiro grupo, os tempos despendidos na sombra, deitado e ruminando foram positivamente correlacionados (r > 0,9). O tempo gasto pelos animais na sombra começou aumentar às 09:00h, sendo maior (P < 0,05) às 10h:00min. Por outro lado, das 06h:00min às 08h:00min e 15h:00min ás 17h:00min, cordeiros praticamente não buscaram sombra. Neste sentido, pode-se concluir que, em zonas equatoriais semiáridas, é provável que cordeiros F1 (Dorper x Santa Inês) sejam motivados a cessarem as atividades de pastejo e buscarem sombra quando os níveis de radiação solar ultrapassarem 600 W m<sup>-2</sup>.</p>