Comportamento de leitões desmamados aos 14 e 35 dias submetidos ao labirinto tipo cruzeta com parede de vidro

<p>Objetivou-se neste trabalho verificar se o desmame aos 14 e 35 dias afeta o comportamento de leitões submetidos ao labirinto tipo cruzeta elevado com parede de vidro transparente. Foram usados 60 leitões (machos castrados e fêmeas), provenientes de cinco matrizes, distribuídos em um delineamento experimental inteiramente casualizado com dois tratamentos (idades de desmame) e 30 repetições com um animal cada. A unidade experimental foi constituída de duas observações realizadas com cada animal em cada período de observação (primeiro período – 15 e 16 dias; segundo período – 36 e 37 dias e terceiro período – 50 e 51 dias). Os leitões desmamados aos 14 dias permaneceram por um período de tempo menor no labirinto saltando em um menor tempo e também saltaram em um menor tempo para o lado da mãe, quando foram levados para o labirinto em cruz no segundo período de observação. Os leitões desmamados aos 35 dias tiveram por um tempo maior no labirinto tipo cruz na decisão de saltar e no salto para o lado da mãe sendo, neste caso, mais eficientes em explorar o ambiente. Conclui-se que os leitões desmamados aos 14 dias de idade tiveram o comportamento influenciado negativamente na forma de enfrentar o ambiente em situações adversas do que os leitões desmamados aos 35 dias de idade, no segundo período de observação. </p>